terra parque

Como o Terra Parque Eco Resort reduziu o custo da sua operação em 90% com aquecimento de água

Um negócio do ramo hoteleiro que possui mais de 16 anos de funcionamento é, por si só, um grande sucesso. Contudo, para isso, é preciso pensar além do atendimento de qualidade e dos diferenciais de abordagem comercial. 

Pensar na operação e em sua redução de custos para aumento da lucratividade é indispensável e, nesse ponto, a FAED ganha destaque junto aos seus parceiros, levando eficiência energética e redução de custos quando se fala em aquecimento de água.

Pode até parecer “papo de vendedor”, mas os resultados são incontestáveis. Por isso, além de relatar o trabalho desenvolvido junto ao Terra Parque Eco Resort, aproveitamos para convidar o  nosso parceiro Júlio, Diretor-Presidente do estabelecimento, para contar com suas próprias palavras, como se deu esta parceria que se tornou um case de sucesso!

Conheça o Terra Parque Eco Resort

Localizado no interior de São Paulo, na cidade de Pirapozinho. O Terra Parque Eco Resort foi inaugurado em 2003, mais precisamente no dia 13 de novembro. 

Os proprietários Júlio César de Moraes e Sandra Yakota aliaram ao espaço um grande diferencial para o interior paulista. Uma estrutura que contempla lazer, gastronomia, esportes de aventura e muito conforto em meio à natureza. Uma ótima pedida para atrair clientes que buscam fugir dos grandes centros urbanos em busca de descanso.

A proposta do Eco Resort, que começou como um espaço de camping para 80 pessoas. Teve tão boa aceitação e um crescimento tão acelerado que, em pouco tempo, se consagrou com sua infraestrutura atual. Mais de 74 opções de apartamentos disponíveis em sete vilas internas. 

Com as oportunidades, outras frentes foram abertas. Como o Centro de Convenções para eventos diversos, incluindo corporativos, com cinco ambientes totalmente equipados; além de um Espaço Gourmet em meio à natureza para confraternizações ao ar livre.

Contudo, nada chama mais a atenção de hóspedes que a infraestrutura de lazer. Com atividades ecológicas diversas para todas as idades e, claro, o seu complexo aquático. São seis toboáguas em 10 piscinas, incluindo sistema de aquecimento de água, que torna o ambiente propício para receber cientes no inverno. 

Já conseguiu imaginar o tamanho desse lugar e toda a operação necessária para seu funcionamento? Se você também é sócio ou gerente de um estabelecimento da rede hoteleira, certamente sabe que não é fácil administrar e manter uma estrutura dessas. Não é verdade?

Considerando que esse estabelecimento possui uma estrutura de Eco Resort, onde a preocupação com o meio ambiente e uma operação sustentável são prioritárias, parece até mesmo impossível conseguir aliar todas as variáveis e, ainda por cima, ser lucrativo o ano todo. Certo?

Os desafios de um Eco Resort 

Os desafios de empreendimentos hoteleiros são diversos e já bastante conhecidos. Manter a taxa de ocupação satisfatória em períodos de baixa temporada ou mesmo durante a semana já é uma luta.

Com a sazonalidade de algumas regiões, manter a atratividade nem sempre é tarefa fácil e, com isso, manter um fluxo de caixa saudável para arcar com as manutenções em períodos onde se tem baixa ocupação, é de tirar o sono.

Afinal, para garantir a qualidade no atendimento – que, por si só, devido à diversidade de perfis atendidos, já é um desafio –  é preciso manter a maior parte dos funcionários contratados mesmo em momentos de pouca movimentação, o que encarece a operação. 

Além disso, ainda é preciso considerar que estas fases menos agitadas são propícias para manutenções, reformas e outras melhorias, o que pode restringir ainda mais a recepção de hóspedes e, consequentemente, o faturamento.

Investimentos em infraestrutura e equipes já são altos, somados aos custos operacionais gerados pela própria hospedagem, como água e luz, que têm altíssimo consumo incluindo o aquecimento de água, por exemplo, pode ser o motivo de muitos empreendimentos hoteleiros não se manterem.

Um Eco Resort, além de todos estes desafios, ainda conta um outro que atua diretamente no propósito do seu negócio: a sustentabilidade!

Por se tratar de um negócio que vende o contato com a natureza como diferencial, seria ilógico que o empreendimento não tivesse uma real preocupação com a preservação do meio ambiente. 

É justamente neste quesito que a FAED contribui para o sucesso do Terra Parque Eco Resort e outros players.

O desafio do Terra Parque Eco Resort 

Reúna as informações sobre a proporção do Terra Parque Eco Resort e toda a infraestrutura de 10 piscinas. Incluindo as aquecidas, que apresentamos, aos desafios de atratividade e sustentabilidade do negócio. 

Considere os custos de operação gerados pelos aquecedores de piscinas tradicionais, energia para aquecer água para banho de 74 apartamentos e manter tudo satisfatório e sustentável para os hóspedes, e ainda assim se manter um negócio rentável e lucrativo.

Além disso, a necessidade de um atendimento rápido e oportuno diante a imprevistos de forma que não afetasse os clientes do Eco Resort.

A missão realmente não parece fácil. Mas foi exatamente com aquecimento de água que a FAED contribuiu para a redução de custos da operação em 90%.

Aquecedor a Biomassa: a solução de aquecimento de água no Terra Parque 

Para conseguir a redução de 90% nos custos de operação vinculado ao alto consumo de água no Terra Parque Eco Resort, o Júlio Moraes, Diretor-Presidente do resort, confiou no trabalho e na parceria junto à FAED ainda em 2008, quando adquiriu os primeiros aquecedores de piscinas a biomassa.

Além do uso para aquecimento de água de suas piscinas cobertas. Os aquecedores foram escolhidos para dar suporte a todo o consumo de água de banho dos 74 apartamentos. “Estamos muito satisfeitos com os resultados que os equipamentos apresentam. Principalmente por que atende a todas as necessidades dos nossos clientes”, é o que diz Júlio.

O Diretor-Presidente do Terra Parque ainda reforça sobre sua satisfação com o relacionamento de assistência técnica que a FAED fornece. E claro, na economia gerada no resultado final da operação.

Melhor que ler esse depoimento, é assistir o próprio Júlio falar sobre o case de sucesso construído com esta parceria. Dê o play e confira!

Legenda: vídeo depoimento sobre a parceria com a FAED no aquecimento de água do Terra Parque Eco Resort.

É inegável os resultados que os aquecedores à biomassa geram para o negócio. Tanto no quesito de sustentabilidade ambiental como financeira.

Ficou interessado em melhorar a infraestrutura de aquecimento de água do seu estabelecimento? Garantir uma economia que impactará na lucratividade do seu negócio? Entre em contato e peça já seu orçamento!

Pedir Orçamento